Pernas de Aluguel realiza corrida beneficente

foto corrida7

A 3ª Corrida e Caminhada Pernas de Aluguel, que acontece no dia 18 de fevereiro, será realizada no Parque Ecológico de Campinas e o objetivo é arrecadar verba para as despesas mensais do projeto, que atualmente vive apenas de doações de voluntários e empresas.

O coordenador do projeto em Campinas, João Eleotério, conta que todos os meses há gastos com o transporte das crianças para as corridas, manutenção do veículo utilizado pelo projeto e outros gastos que precisam ser pagos. “Temos que “fazer vaquinha” entre os voluntários e mesmo assim o dinheiro que conseguimos não cobre as despesas. Por isso vamos utilizar o valor arrecadado com as inscrições da corrida para ter uma reserva em caixa e suprir essas despesas por alguns meses”, explica Eleotério.

Segundo o coordenador, este ano o projeto pretende se transformar em Organização Não Governamental (ONG), o que também deve gerar alguns custos. “Esse trâmite é bastante burocrático e oneroso, precisamos arcar com as despesas do processo. Acreditamos que essa transformação irá viabilizar o apoio da iniciativa privada e nos ajudar a ampliar esse trabalho social”, revela João.

Serão 300 inscrições e os corredores poderão participar de 5k ou 10k de corrida ou caminhada e todos participantes receberão camiseta e medalha de participação. Porém, para viabilizar a estrutura do evento, o projeto ainda precisa de patrocínio. “Já conseguimos apoio para a compra das medalhas, agora estamos em busca de empresas que possam nos ajudar a comprar as 300 camisetas que é fundamental para que a corrida aconteça”, enfatiza o coordenador do projeto.

 

SERVIÇO

3ª Corrida e Caminhada Pernas de Aluguel

Inscrições: até 18/02/18 – às 7h

Valor: R$ 50,00

Quando: 18/02/18 – às 8h

Local: Parque Ecológico de Campinas

Informações: (19) 99924-8636

 

Sobre o Pernas de Aluguel

 O projeto Pernas de Aluguel chegou à Campinas em maio de 2.015. O objetivo é levar crianças e jovens com paralisia cerebral leve a severa, autistas, crianças down e outras deficiências físicas ou intelectuais para participar das corridas de rua, uma forma de promover a inclusão social pelo esporte. Atualmente, o projeto conta também com grupos em São Paulo, Belo Horizonte e Hortolândia. Em Campinas já são mais 5000 voluntários, 20 triciclos e centenas de crianças atendidas. A prática, segundo especialistas, ajuda na autoestima dos jovens, e reflete positivamente nos tratamentos.

O projeto também disponibiliza triciclos e voluntários nos finais de semana de manhã na Lagoa do Taquaral e no Parque Ecológico de Campinas para levar qualquer pessoa com dificuldade de locomoção para a prática dessa atividade física.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s