Prefeitura nomeia cinco auditores para apurar contrato com a Vitale

c74c44a2f230643edf24243506b571faA Prefeitura de Campinas nomeou uma comissão de cinco auditores para apurar a gestão do contrato da Vitale no período em que a Organização Social administrou o Hospital Ouro Verde, de maio de 2016 a 1º de dezembro de 2017. A portaria nº 89364/2018 com as nomeações foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 12 de janeiro.
Segundo o secretário municipal de Gestão e Controle, Thiago Milani, serão dois auditores da Pasta e três da Secretaria de Finanças. “Será uma comissão autônoma de auditoria. O objetivo é encontrar possíveis irregularidades relacionadas ao repasse e prestação de contas, além de buscar e apontar melhorias nos procedimentos e formas mais eficientes de gestão”, explica. O trabalho dos técnicos poderá ser ampliado de acordo com o que for encontrado durante as análises.
Milani ressalta que a conclusão do trabalho dos auditores está prevista para 180 dias, mas o prazo pode ser prorrogado. Todo o processo correrá em sigilo e o resultado será disponibilizado para a população. “Fatos relevantes serão divulgados durante o processo, antes do relatório final”, comenta. A Prefeitura tomará as medidas cabíveis de acordo com o que for apontado pelos auditores.
Vitale
Em novembro, a prefeitura anunciou que havia rescindido o contrato com a Organização Social (OS) Vitale, gestora do Hospital Municipal Ouro Verde. A medida foi anunciada após operação deflagrada pelo Ministério Público, que investiga desvio de verbas na unidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s