Saiba como proteger seu cão durante a queima de fogos

unnamed-7Quem tem um cãozinho sabe que, nesta época do ano, por conta dos fogos de artifício, muitos ficam desesperados. A fobia é muito comum para os cães, que se assustam com o barulho alto e repentino do artefato. Isso acontece porque a audição dos animais é mais sensível, eles são capazes de detectar o som a uma distância quatro vezes maior do que os humanos e em apenas 6 centésimos de segundo. Além disso, eles ouvem sons em uma frequência diferente.

Alguns cães podem sofrer paradas cardiorrespiratórias, convulsões e ter diversos problemas, acarretando até em morte. Mas, calma, é possível diminuir o medo do seu amiguinho. Para isso, você pode tomar alguns cuidados como, por exemplo, criar um ambiente onde o cão se sinta à vontade e seguro.

Tranquilizar seu cão, transmitindo a sensação de que tudo está bem e sob controle, é o primeiro passo. Se puder, fique com ele no colo, faça carinho. Caso o seu cão consiga fugir, ele pode correr por muitos quilômetros. Por isso, invista em uma coleira com placa de identificação.

Uma acidente muito comum é o enforcamento, devido as tentativas desesperadas de romper a coleira para fugir, podendo ficar presos em pequenos vãos e grades. É importante manter seu animal bem acomodado em um lugar onde ele possa se sentir seguro. Mantenha a iluminação suave e ligue o rádio, mas não muito alto. Lembre-se de fechar portas e janelas para evitar fugas e acidentes.

Para abafar o som, coloque cobertores pesados ou mesmo um colchão tapando a janela. Também pode-se forrar o chão com cobertor e cobrir o bichinho com um edredom. Forneça alimentos leves, pois distúrbios digestivos provocados pelo pânico podem matar. Em casos mais extremos, vale colocar tampões de algodão nos ouvidos. Lembre-se, no entanto, de remover-los logo após os fogos.

Para auxiliar os animais a lidarem com o problema, os tutores também podem apostar no Adaptil, um difusor de ambiente análogo ao odor materno canino, que auxilia na adaptação dos cães em situações adversas proporcionando a sensação de segurança, conforto e bem-estar no ambiente.

Durante a amamentação, as cadelas produzem um odor específico que transmite conforto e segurança aos cães. “O uso do produto no ambiente irá auxiliar os cães a se acalmarem e se sentirem mais seguros durante a queima de fogos e em outras situações desafiadoras, explica a Médica- veterinária a Gerente de Produtos da Unidade de Pets da Ceva Saúde Animal, Priscila Brabec.

O difusor deve ser colocado no ambiente onde o cão ficará durante a queima de fogos. “O uso de Adaptil somado ao apoio do tutor ao pet e adaptações no ambiente durante o período irá auxiliar no bem-estar e conforto do cão frente a essa situação desafiadora. São ações simples que tornarão as festas de fim de ano muito mais agradáveis para pet e para toda família”, finaliza Priscila.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s