QR Code passa a funcionar efetivamente em fevereiro nos ônibus da cidade

a1c818ba247c87950df2cb51d17c84feA partir de 17 de fevereiro de 2018, o pagamento da passagem de ônibus em Campinas não poderá mais ser realizado com dinheiro dentro dos veículos. A Resolução Nº 460/2017,  publicada no Diário Oficial do Município, prevê pagamento apenas com o bilhete do sistema de QR Code (Quick Response Code; Código de Resposta Rápida na sigla em Inglês),

A tecnologia promete dar mais segurança para os usuários e aos motoristas do transporte urbano do município, durante a operação. O tíquete está em fase de teste desde setembro de 2017. A previsão inicial da eliminação do dinheiro para o pagamento da passagem era para meados de dezembro. Mas a possibilidade dos usuários comprarem as passagens utilizando o smartphone facilitou a mudança.

Queremos um sistema que funcione perfeitamente para todos, por isso o grande cuidado. O sistema será muito fácil e amigável para o usuário do transporte. Qualquer pessoa poderá utilizá-lo, sem nenhuma dificuldade”, enfatiza o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.

Atualmente, mais de 90% dos usuários do transporte público coletivo de Campinas utilizam cartões da família Bilhete Único para o pagamento da tarifa. O uso do Bilhete Único somente traz vantagens para o usuário. Primeiro, com o cartão, a passagem custa R$ 4,20. Em dinheiro ou Vale-Transporte, o valor é de R$ 4,50. Além disso, ele proporciona a integração, ou seja, o uso de mais de um ônibus, por um período de 2 horas, pagando apenas uma tarifa. O benefício é válido para todos os dias da semana.

QR Code

O QR Code é um código de barras bidimensional, impresso em papel, que armazena dados e caracteres. O ticket tem a codificação da tarifa e substitui o pagamento em dinheiro dentro dos ônibus, eliminando a necessidade do motorista receber pela passagem.

O bilhete com o QR Code tem custo de R$ 4,50, o mesmo valor de uma passagem para pagamento em dinheiro. E não proporciona a integração.

Todos os validadores dos ônibus que operam no sistema já estão equipados com leitor de tíquete QR Code. O sistema totaliza 1.250 veículos distribuídos em cerca de 200 linhas, sendo que 80% são acessíveis. O investimento no novo sistema foi da ordem de R$ 1,5 mil por veículo.

Como comprar

A venda do tíquete QR Code ocorre em toda a rede credenciada pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc). São mais de 300 estabelecimentos comerciais, como casas lotéricas, drogarias, padarias, bancas de jornal, mercados, açougues, entre outros. Há pontos em todas as regiões do município.

Também há pontos de venda na sede da Transurc (Rua 11 de Agosto, 757, Centro); nos terminais urbanos (Barão Geraldo, Campo Grande, Central, Dom Pedro, Iguatemi, Itajaí, Mercado I, Mercado II, Ouro Verde, Padre Anchieta, Vida Nova e Vila União); e nas unidades do Poupatempo Centro e Campinas Shopping. Também está em preparativo final a possibilidade de adquirir o bilhete por aplicativo de celular.

O bilhete tem validade de 30 dias, contados a partir da data da emissão impressa na passagem. Não há possibilidade de reembolso pela não utilização da passagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s