Campinas firma acordo com Polícia Rodoviária Federal contra a criminalidade

fdf1986c645156746e2eeb29aed368d6A prefeitura de Campinas firmou um convênio de cooperação entre as forças de segurança do município e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para permitir a troca de informações dos sistemas de monitoramento eletrônico de veículos. O acordo estabelece procedimentos de cooperação técnica e operacional, além do intercâmbio de conhecimentos, dados e tecnologias.

O documento firmado na sexta (1) aponta como finalidade o desenvolvimento de ações conjuntas contra a criminalidade. O prefeito Jonas Donizette destacou que o convênio com Campinas é o primeiro deste tipo entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e um município.

“O trabalho de Campinas servirá de exemplo e de modelo para outros convênios que possam vir a acontecer. É uma somatória de forças, a PRF vai ceder as imagens das câmeras, assim como cederemos as nossas, em uma união de forças para melhorar nossa segurança pública”.

Pelo acordo, a PRF processará as informações das placas dos veículos obtidas pelo Simvecamp e também auxiliará a Secretaria Municipal na interpretação e identificação dos padrões obtidos a partir das placas coletadas. Além disso, “vai disponibilizar para as forças de segurança do município os dados do sistema ‘Alerta Brasil’, da PRF. Em contrapartida, serão disponibilizados os dados locais que possam ajudar a PRF em ações contra a criminalidade”, afirmou.

Combate ao crime

Segundo o Superintendente Regional da PRF de São Paulo, Valmir Cordelli, o acordo representa um passo grande para que essa união não se restrinja aos órgãos máximos de controle da PRF e os Estados. “Fazer um convênio como esse com os municípios é muito importante para nós, já que tudo o que transita em uma rodovia sai dos municípios”.

O superintendente também elogiou a disposição de Campinas em fechar o acordo: “somente a integração consegue dar respostas à sociedade na luta pela segurança”, afirmou. Para o órgão, é fundamental avaliar a movimentação veicular de Campinas e como isso impacta a região e as rodovias do entorno, sendo o combate ao roubo de cargas um aspecto importante dessa questão.

O Secretário Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Luiz Augusto Baggio, lembrou que o sistema de Campinas não pertence ao município exclusivamente, mas integra o aparato de segurança, sendo o cidadão o grande beneficiário. “Fazer a ligação entre as informações de circulação de veículos na cidade de Campinas e o sistema da PRF não diminui nem um sistema nem outro, aumenta ambos. Tem a função de ampliar a segurança do cidadão, que é o nosso cliente final, e é a quem nós devemos isso. Nós temos a responsabilidade, como autoridades, de nos unirmos em favor daquilo que é correto”, afirmou.

Sobre o acordo

O acordo terá vigência por 60 meses, a partir da data da assinatura, podendo ser renovado por igual período a partir do interesse das partes.

O trabalho em parceria com a PRF passou por um período de verificação ao longo de um ano. Durante esse tempo, foi avaliada a viabilidade do acordo. A equipe da PRF constatou a qualidade do trabalho realizado pela GM, Cimcamp/Simvecamp e os resultados positivos da fase de testes, para que fosse possível chegar à aprovação e assinatura do convênio agora formalizado.

 A parceria deve ser ampliada futuramente para os outros municípios da Central Regional de Inteligência e Monitoramento (CRIM), abrangendo os 18 municípios da região que já trabalham integrados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s