Campinas registra cerca de 30 novos casos de contaminação por HIV por mês

dia-d-contra-a-aids

O número de pessoas contaminadas pelo HIV não para de crescer. Em Campinas, segundo o Programa Municipal de DST/Aids, são registrados cerca de 30 novos casos da doença. Para tentar mudar esse cenário, a Secretaria Municipal de Saúde realiza nesta sexta-feira (1º), Dia Mundial de Luta contra Aids, diversas ações educativas, de orientação e testes rápidos de HIV, gratuitos, em vários pontos da cidade.

 

Os dados revelam ainda que a doença predomina no sexo masculino e tem crescido entre jovens de 15 a 29 anos. Apenas até junho deste ano, foram registrados 234 novos casos, um aumento de 30%. Hoje, cerca de 2 mil moradores da cidade que contraíram o vírus HIV, mas não desenvolveram a doença.

 

Em diversos pontos da cidade haverá material informativo sobre HIV/Aids, sífilis, hepatites B e C.  “A expectativa é identificar o maior número possível de pessoas com HIV para que possa seguir um tratamento adequado e deixe de transmitir a doença”, diz o coordenador do programa municipal de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais, Josué Lima.

 

De 1982 a novembro de 2017, foram notificados 8140 casos de Aids em Campinas. Destes, 70,6% são homens e 29,4% são mulheres. Por ano, são notificados, em média 245 novos casos na cidade. No Brasil, de 1980 a 2016, foram notificados 842.710 casos.

 

Segundo a Prefeitura, os 64 centros de saúde estão abastecidos com kits para testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, e farão os exames no horário de funcionamento. No Centro, equipes estarão na Praça Rui Barbosa, das 10h às 16h, para orientação e intensificação da campanha “Fique Sabendo”. A campanha incentiva as pessoas a fazerem o teste das doenças transmissíveis, especialmente HIV e sífilis e, caso o resultado seja positivo, iniciem o tratamento o mais rápido.

 

Já na Praça José Bonifácio, onde fica a Catedral Metropolitana, serão feitos testes rápidos de HIV, por fluido oral, das 8h às 17h. Preservativos masculinos poderão ser retirados nos banheiros dos terminais de ônibus municipais: Central, Campo Grande, Ouro Verde, Barão Geraldo e Padre Anchieta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s