Abril Azul: vamos falar sobre autismo?

caminhada

O autismo e todos os distúrbios, incluindo o transtorno autista, transtorno desintegrativo da infância, transtorno generalizado do desenvolvimento não-especificado (PDD-NOS) e Síndrome de Asperger, fundiram-se em um único diagnóstico chamado Transtornos do Espectro Autista – TEA.

Segundo o site Autismo Realidade, o TEA é uma condição geral para um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, antes, durante ou logo após o nascimento. Esses distúrbios se caracterizam pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos.

TEA pode ser associado com deficiência intelectual, dificuldades de coordenação motora e de atenção e, às vezes, as pessoas com autismo têm problemas de saúde física, tais como sono e distúrbios gastrointestinais e podem apresentar outras condições como síndrome de deficit de atenção e hiperatividade, dislexia ou dispraxia. Na adolescência podem desenvolver ansiedade e depressão.

Algumas pessoas com TEA podem ter dificuldades de aprendizagem em diversos estágios da vida, desde estudar na escola, até aprender atividades da vida diária, como, por exemplo, tomar banho ou preparar a própria refeição. Algumas poderão levar uma vida relativamente “normal”, enquanto outras poderão precisar de apoio especializado ao longo de toda a vida.

O autismo é uma condição permanente, a criança nasce com autismo e torna-se um adulto com autismo e, por isso, é muito importante nos conscientizarmos a respeito.

Segundo a Organização das Nações Unidas no Brasil, cerca de 1% da população mundial, ou seja – uma em cada 68 crianças – apresenta algum transtorno do espectro do autismo, e a ocorrência da condição neurológica tem aumentado.

Diante desta situação, pais de crianças autistas se mobilizam para que as informações sejam disseminadas, pesquisas realizadas e leis cumpridas.

Neste domingo, dia 2 de abril, às 10 horas, acontece a largada da 6ª Caminhada de Conscientização pelo Autismo, promovida pela Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania. O evento é realizado com o apoio de entidades de Campinas e abre as atividades do Abril Azul, mês em que serão realizadas diversas atividades sobre o tema.

A concentração será em frente ao portão 2 da Lagoa do Taquaral, na entrada da Concha Acústica. A caminhada parte em direção ao portão 1, passando pela via interna da Avenida Doutor Heitor Penteado. Os promotores da atividade sugerem que os participantes vistam camiseta ou camisa azul. Não é preciso se inscrever.

E  nos dias 10, 11 e 12, das 18h30 às 22h30, será realizado o Simpósio Dr. Blue – Desmistificando o Espectro Autista, no auditório Monsenhor Salim, no Campus II da PUC-Campinas, localizado na Avenida John Boyd Dunlop, 904 – Jardim Ipaussurama, Campinas/SP.  Entre os temas abordados estão o que é o autismo e como reconhecê-lo; puberdade do autista; o poder dos pais em desvendar caminhos – aspectos biológicos e sociais; o que a educação precisa saber sobre o TEA; abordagem pedagógica; atuação em crise e previsão de acidentes domésticos. As inscrições para o Simpósio custam R$30,00, com direito a participação nos dois dias de programação. No dia 12 haverá dois workshops, ainda sobre o tema, no valor de R$ 5,00.

Informações: drblue.espectroautista@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s